Bracarae - O fórum de Braga! • Ver Tópico - Comboios

Comboios  

Espaço para a discussão sobre os transportes.

Re: Comboios

Mensagempor karlussantus » sexta fev 13, 2015 10:35 pm

NrowS Escreveu:Já que se fala de comboios, fujo um bocadinho ao seguimento da conversa para dar o meu testemunho de "emigra".

Temos, como em tudo, a mania de dizer mal do que existe em Portugal. Contra mim falo. Critico, desde sempre, a forma como os comboios que servem uma faixa de território que vai de Aveiro a Braga, do Porto ao Marco de Canavezes, compreendendo um total de 82 estações, são metidos num saco de gatos chamado "urbanos do Porto", como se tudo à volta fossem aldeias. Note-se que apenas 25 dessas estações estão situadas dentro da área do Grande Porto.
Também não faz sentido, para mim, que os comboios se organizem em função de um ponto central da região em causa, em vez de procurarem unir as extremidades. Metade dos comboios que saem de Braga deveriam ter como destino Aveiro; não entendo que não exista um único a fazer este percurso completo.
Critico também a frequência das ligações. Um ou dois comboios por hora entre a segunda e a terceira cidades do país, com o volume de pessoas que vivem/trabalham entre elas diariamente, não faz sentido. Flexibilidade de horários nula.
Finalmente, aponto ainda o dedo ao facto de todas essas ligações fazerem serviço de "Metro do Porto" a partir de Ermesinde e de não haver mais comboios a parar apenas nos pontos mais relevantes em termos de infrestrutura da linha e de número de passageiros (ou habitantes) - Braga, Ferreiros, Couto de Cambeses, Nine, Famalicão, Lousado, Trofa, São Romão, Ermesinde, Rio Tinto, Porto.

A comparação que vou fazer tem, à partida, um problema: a diferença de condições económicas entre as duas realidades. Não significa, contudo, que os princípios de um lado não possam ser aplicados do outro. Até porque, em vários pontos, Portugal sai a ganhar.

Mudei-me em Outubro para a Suécia, para a região mais a sul do país. Skåne, em sueco, ou Escânia, em português abrasileirado. Esta região tem como capital Malmö, a terceira maior cidade do país, com cerca de 300 mil habitantes. A pouca distância está Lund, com 110 mil e, mais para cima no mapa, encontra-se Helsingborg, com 130 mil, todas elas junto às costa oeste. A região estende-se para leste e, aí, Kristianstad é a principal referência, com pouco menos de 90 mil pessoas.
Skåne é servida por três tipos de comboios: os da SJ, companhia nacional da Suécia, que passam com menor frequência e estão vocacionados para viagens de longo curso; os Pågatåg, na linha dos nossos urbanos, que circulam exclusivamente dentro da região; e os Öresundståg, que asseguram as ligações entre a Dinamarca e a Suécia, de Helsingør a Gotemburgo.

Já se percebe, por aqui, que a oferta é muita - mesmo muita -. faltando acrescentar que os horários nocturnos são muito bons, sendo virtualmente impossível que se torne difícil circular, por exemplo, entre Malmö e Lund, mesmo a horas já avançadas para os padrões suecos, como as 23:00 ou a meia-noite.
A qualidade dos comboios também é bastante boa e os Pågatåg dispõem mesmo de WCs e zonas de silêncio, para além de várias áreas destinadas a volumes e bicicletas, que também existem nos Öresundståg. Estes últimos têm ainda tomadas sobre a cabeça de praticamente todas as filas de assentos - sim, o sueco é um indivíduo fortemente viciado em dispositivos electrónicos. O WiFi a bordo existe em ambos e é grátis, embora, por vezes, esteja indisponível.

O modelo de circulação é de extremo a extremo e, apesar de Malmö ser a cidade maior, não são muitos os comboios que fazem dela destino final ou ponto de partida. Ainda menos são os que terminam/originam na sua estação central.
Há, também, uma ferramenta muito útil que não posso deixar de mencionar, que é a aplicação Skånetrafiken para telemóvel (existe também o site, http://www.skanetrafiken.se" onclick="window.open(this.href);return false;" onclick="window.open(this.href);return false;). A app é simples mas permite fazer tudo: consultar horários de comboios e autocarros para toda a região, descarregá-los em PDF, ver o estado de qualquer transporte em tempo real, guardar itinerários e estações preferidas e comprar bilhetes, servido a própria app como bilhete no momento de embarque ou perante o revisor.

Há, contudo, pontos desastrosos: a pontualidade é de bradar aos céus, sendo muito frequente que vários comboios se atrasem em cadeia, o que causa uma imprevisibilidade preocupante quando se está a tentar chegar ao trabalho. Já me aconteceu, inclusive, ter entrado num comboio que decidiu, a meio do trajecto, não parar em Malmö, deixando quase todos os passageiros num apeadeiro no meio do nada, num fim de tarde de Inverno, à espera da ligação seguinte, que seria daí a 20 minutos. Fenómenos paranormais como neve (...) também contribuem para a interrupção do tráfego - sim, apesar de ser uma coisa que acontece todos os Invernos e que é mais previsível do que a cor das vestes do Papa.

Portanto... realidades perfeitas não há. Temos algo de muito positivo, na nossa região norte, que é a pontualidade mais ou menos generalizada de todos os serviços, mas podemos e devemos olhar para "o que de melhor se faz lá fora" para tornar o nosso bom em algo excelente. Não temos de ser como os outros, só temos de aprender uma ou duas coisas para sermos muito melhores. :D


Excelente contributo Nrows!
Agora imagina essas cidades nem sequer estarem ligadas!!

Braga com 140.000 na cidade e quase 400.000 na área de influencia, Guimarães com 50.000 na cidade e 200.000 na área de influencia distando apenas 14km em linha reta, tendo na envolvente um Norte Litoral com 3,5M habitantes, não têm linha a ligá-las.
E conseguimos ter os super técnicos das Universidades do Porto e Lisboa a dizerem que não há gente que justifique a linha...

P.S. Continua a dar contributos sobre as restantes áreas! Ordenamento, serviços, etc... Quem está de fora vê sempre de uma outra perspectiva, ainda para mais num país referência.
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Comboios

Mensagempor NrowS » domingo mar 22, 2015 12:15 pm

@brc20: Trabalho em TI, no Service Desk interno da Tetra Pak.

@karlussantus: A possibilidade de duas cidades, aqui, não estarem ligadas quer dizer só uma coisa: que não vive lá quase ninguém! Mesmo assim, há autocarros regionais de boa qualidade para esses lugares - grandes, confortáveis e aceitavelmente pontuais. Refira-se que os comboios não andam sempre cheios nem nada que se pareça. Com uma oferta tão grande, mesmo em horas de maior movimento é fácil arranjar lugar sentado. Ou seja, estão-se a borrifar se existe gente suficiente para o pôr a circular ou não. O serviço existe, quem precisa usa; quem não precisa hoje, pode precisar amanhã. Talvez seja esta a diferença de um país com dinheiro a rodos para um país em crise. Mas também não deixa de ser verdade que um comboio que faz um trajecto maior acaba por abarcar mais passageiros e obter um lucro maior do que um que faz meio percurso e que, logo, se destina só a metade dos potenciais clientes. Custa mais à CP ter um comboio Braga - Porto seguido de um Porto - Aveiro ou um Braga - Aveiro? Quem souber que responda, mas atiro para a primeira hipótese.
Avatar do Utilizador
NrowS
Bispo
 
Mensagens: 249
Registado: sábado ago 30, 2008 3:30 pm

Re: Comboios

Mensagempor NrowS » sexta jun 05, 2015 6:33 pm

Acrescento mais uma ideia roubada aos suecos. :D
Aqui, durante o Verão, o preço dos transportes públicos desce para cerca de metade para incentivar o passeio.
O meu passe mensal custa cerca de 85 euros e só me permite usar transportes entre duas cidades. De 15 de Junho a 15 de Agosto, há um cartão especial para toda a região por 63 euros (válido para os 2 meses) com viagens ilimitadas em comboios e autocarros. Só ficam excluídos os comboios nacionais (SJ).
Mas estes, para não ficarem atrás, também têm grandes descontos. Durante o mesmo período, uma viagem Malmö - Estocolmo, por exemplo, que nunca custa menos de uns 40 euros no resto do ano, pode ser comprada por cerca de 22, dependendo do comboio e da antecedência. Se isto não é um convite a viajar, não sei o que é.
Avatar do Utilizador
NrowS
Bispo
 
Mensagens: 249
Registado: sábado ago 30, 2008 3:30 pm

Re: Comboios

Mensagempor Duarte » terça mar 01, 2016 1:52 pm

Como é que os nossos governantes ficam tão contentes com uma simples electrificação da linha do Minho?

Já que se vai investir era oportunidade para reivindicar muito mais: duplicação dessa linha, estações e apeadeiros novos (à imagem do que fizeram no ramal de Braga), eliminar todas as passagens de nível, concordância em Nine com a linha de Braga...

Vai-se estar a mexer e daqui a uns anos começa tudo a pedir para se mexer outra vez quando se podia ter feito tudo de uma assentada. Triste sina a deste país.
|Days of War|
Avatar do Utilizador
Duarte
Administrador
 
Mensagens: 5081
Registado: quinta mai 21, 2009 9:51 pm
Localização: Braga

Re: Comboios

Mensagempor karlussantus » terça mar 01, 2016 10:58 pm

Duarte Escreveu:Como é que os nossos governantes ficam tão contentes com uma simples electrificação da linha do Minho?

Já que se vai investir era oportunidade para reivindicar muito mais: duplicação dessa linha, estações e apeadeiros novos (à imagem do que fizeram no ramal de Braga), eliminar todas as passagens de nível, concordância em Nine com a linha de Braga...

Vai-se estar a mexer e daqui a uns anos começa tudo a pedir para se mexer outra vez quando se podia ter feito tudo de uma assentada. Triste sina a deste país.


Não tendo Braga e Guimarães em continuidade com a Linha do Minho, essa linha perde muita da sua utilidade. Se vão investir na linha deviam concluir o anel ferroviário do Minho, prolongando:
- a linha de Guimarães até Braga via Taipas (17km);
- o ramal de Braga até Barcelos (15km), via Gondizalves (localização prevista da Estação da linha de AV), Tibães, Galegos
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Comboios

Mensagempor AntonioPinto » quinta mar 10, 2016 11:26 am

Braga ligada a Guimaraes e barcelos e vila verde via metro de superficie!
Comboio acho que implica mais gastos e o mtro de superficie iria servindo todas as aldeias pelo caminho (os autocarros iriam perder terreno)

Mas isso parece ser muito dispendioso!
Imagem
Avatar do Utilizador
AntonioPinto
Administrador
 
Mensagens: 1887
Registado: sexta Oct 31, 2008 3:46 pm
Localização: Priscos - Braga

Re: Comboios

Mensagempor karlussantus » sexta mar 11, 2016 2:16 pm

AntonioPinto Escreveu:Braga ligada a Guimaraes e barcelos e vila verde via metro de superficie!
Comboio acho que implica mais gastos e o mtro de superficie iria servindo todas as aldeias pelo caminho (os autocarros iriam perder terreno)

Mas isso parece ser muito dispendioso!


O metro é o erro que tem sido ponderado pelos técnicos desta área quando se fala de ligar Braga a Guimarães. Tal como fizeram entre Póvoa e Porto. O metro é para meio urbano e normalmente dentro de uma área metropolitana com muitos moviementos pendulares no território em questão. Com muitas paragens muita frequência, mas com pouca eficácia para ligações regionais e para ligar as estações termianis. Nós precisamos de colocar Braga e Guimaraes ligadas mas precisamos de as colocar na rede regional, ligadas a Barcelos, Viana e Galiza, pelo mesmo serviço.
Precisamos de ligar as Taipas ao Porto e Vizela a Braga, precisamos de criar um tronco comum para os longo curso que assim poderão fazer Lisboa-Vigo, servindo muito mais eficazmente Braga e Guimaraes.

O metro além de deficitário não poderá criar estes serviços de continuidade, andei meses a falar sobre isto quando submeti o projeto ao orçamento participativo...
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Comboios

Mensagempor Duarte » sexta mar 11, 2016 7:44 pm

Concordo Carlos!

Até imagino uma linha "Circular Quadrilátero" com comboio de hora a hora em cada sentido a parar em todas e alguns rápidos a parar seguintes paragens principais: Barcelos, Braga 1, Braga 2, Taipas, Guimarães 1, Guimarães 2, Vizela, Vila das Aves, Santo Tirso, Lousado, Famalicão.

E a cereja no topo do bolo era um titulo de transporte único Comboio + Autocarro nos concelhos do quadrilátero e que funcionasse por zonas ao estilo da área Andante.
|Days of War|
Avatar do Utilizador
Duarte
Administrador
 
Mensagens: 5081
Registado: quinta mai 21, 2009 9:51 pm
Localização: Braga

Re: Comboios

Mensagempor karlussantus » sexta mar 11, 2016 9:34 pm

Duarte Escreveu:Concordo Carlos!

Até imagino uma linha "Circular Quadrilátero" com comboio de hora a hora em cada sentido a parar em todas e alguns rápidos a parar seguintes paragens principais: Barcelos, Braga 1, Braga 2, Taipas, Guimarães 1, Guimarães 2, Vizela, Vila das Aves, Santo Tirso, Lousado, Famalicão.

E a cereja no topo do bolo era um titulo de transporte único Comboio + Autocarro nos concelhos do quadrilátero e que funcionasse por zonas ao estilo da área Andante.



:drink:

As opções serão imensas.

Por exemplo, com a linha convencional, se quiserem podem colocar um serviço de metro, como os tram-train que fazem o serviço de Metro do Porto. Porque estes correm nas duas ferrovias, já o inverso não é possível.
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Comboios

Mensagempor Meireles88 » sábado mar 12, 2016 9:39 am

No metro correm as duas ferrovias? Olha que eu penso que não, que lhe chamam erradamente de tram-train, é enganador.
http://www.mariomeireles.net

www.aasdsv.com -> Associação dos Amigos de São Domingos/São Vítor
Avatar do Utilizador
Meireles88
Administrador
 
Mensagens: 3098
Registado: quarta set 10, 2008 12:10 am

Re: Comboios

Mensagempor karlussantus » sábado mar 12, 2016 12:12 pm

Meireles88 Escreveu:No metro correm as duas ferrovias? Olha que eu penso que não, que lhe chamam erradamente de tram-train, é enganador.


Metro é um tipo de serviço, tens a ferrovia ligeira e a convencional. Os tram-trains que fazem serviço de metro no Porto, correm nas duas. Já os comboios ditos pesados os que fazem o serviço dos urbanos, regionais, longo curso, etc... não correm na ferrovia ligeira.

Ou seja, se constroem uma ferrovia ligeira entre Braga e Guimaraes ela só vai servir para um tipo de serviço que por si só não tem sustentabilidade. Já se construírem uma ferrovia convencional além de ser possível ter tram-trains a fazer serviço de metro, podes ter os alfas, inter-cidades, urbanos, internacionais, a fazerem a ligação de Braga e Guimaraes a Portugal e Galiza, via Braga e via Guimarães

Entre Braga e Guimaraes, se tivermo uma linha isolada de metro, de alta frequência e baixas velocidades, dificilmente a cobertura é suficiente. Mas ao invés, se prolongarem o serviço dos Urbanos de Guimaraes até Braga, via Taipas, não tenho qualquer dúvida que a taxa de cobertura é suficiente. Porque aos atuais utilizadores, estamos a adicionar cerca de 19 km os quais têm uma taxa de cobertura interna de 30 a 35% aos quais se juntam os que seguem para o Porto e vice-versa. Por exemplo, as pessoas das Taipas e de Braga, podem não só ir para Guimaraes, como podem seguir para Vizela, Santo Tirso, Trofa, Porto. E vice-versa. Isto aumenta a taxa de cobertura do Urbanos de Guimaraes no atual percurso, e aumenta também a taxa de cobertura além dos tais 30 a 35% no novo corredor Braga-Guimaraes. Aos quais se juntam os longo-curso. Não sei se me fiz entender!?
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Comboios

Mensagempor Duarte » sábado mar 12, 2016 12:31 pm

Os Urbanos do Porto, ao número de paragens que fazem já se pode dizer que funcionam tipo metro.
|Days of War|
Avatar do Utilizador
Duarte
Administrador
 
Mensagens: 5081
Registado: quinta mai 21, 2009 9:51 pm
Localização: Braga

Re: Comboios

Mensagempor karlussantus » sábado mar 12, 2016 2:14 pm

Duarte Escreveu:Os Urbanos do Porto, ao número de paragens que fazem já se pode dizer que funcionam tipo metro.


Exato, são mais do que suficientes as paragens Braga-Nine, replicadas entre Braga-Guimaraes. Já as paragens entre o Aeroporto do Porto e a Póvoa do Varzim são excessivas. Se colocassem esse serviço entre Braga e Guimaraes com tram-train a parar de 500 em 500m demorávamos quase 1 hora para fazer Braga-Guimaraes e depois para seguir para qualquer outro destino, na melhor das hipóteses se a estação teminal fosse na estação ferroviária só com transbordo se poderia seguir viagem.

Com um serviço como o urbano, os expressos seguiriam quase diretos, apenas com paragem nas Taipas, estamos a falar de 15 minutos, com possibilidade de seguir viagem para Vizela, Vila das Aves, Santo Tirso, Trofa, Porto. Assim como para Norte, Tibaes, Barcelos, Viana do Castelo, etc... É toda uma nova realidade que se cria.

Ao invés da linha ligeira que continuo sem perceber como se continua a ponderar esta possibilidade...

Tendo o canal ferroviário convencional criado, mais tarde tanto Braga como Guimaraes, podem com base neste canal criar uma rede de metro. Por exemplo, em Braga um serviço entre Tibaes-Real-Estação Ferroviaria-Ferreiros-Mazagao, podia ser implementado, seriam estações multimodais que permitiriam ao urbano parar menos vezes. Adicionando uma linha estação ferroviaria (Multimodal) a incluir o Hospital, UM, zona do Minho Center, Esporões (Multimodal). Tínhamos duas linhas de alta frequência, que colocavam vários novos polos geradores de movimentos interligados diretamente à rede ferroviária nacional.

Um serviço estilo metro em Braga 'termina' em Esporões, e o de Guimaraes nas Taipas.
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Anterior

Voltar para Transportes

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante