Bracarae - O fórum de Braga! • Ver Tópico - II Liga Portuguesa

II Liga Portuguesa  

Espaço para a discussão do mundo desportivo.

Re: II Liga Portuguesa

Mensagempor asterisco » terça mai 24, 2011 12:11 am

Também sou capaz de ir :D
Avatar do Utilizador
asterisco
Cardeal
 
Mensagens: 2203
Registado: quarta mar 11, 2009 10:28 pm
Localização: Braga

Re: II Liga Portuguesa

Mensagempor Linguas » domingo mai 29, 2011 7:04 pm

Já está, terceiro clube do Minho na primeira. Muito bom!
Avatar do Utilizador
Linguas
Moderador
 
Mensagens: 544
Registado: domingo mai 31, 2009 2:22 pm
Localização: S. Vicente

Re: II Liga Portuguesa

Mensagempor asterisco » domingo mai 29, 2011 9:37 pm

Viva o Minho!
Avatar do Utilizador
asterisco
Cardeal
 
Mensagens: 2203
Registado: quarta mar 11, 2009 10:28 pm
Localização: Braga

Re: II Liga Portuguesa

Mensagempor Duarte » domingo mai 29, 2011 10:26 pm

Eu fui ver, bonita festa do futebol, estádio completamente cheio (foi a primeira vez que entrei nele, está muito bem feito, simples, bonito, e à medida sem excesso de lotação) e muita gente de Braga presente, já ouvi dizer que apareceu uma pessoa com a camisola do Braga na televisão, o que só demonstra o quanto estas gentes se dão bem.

Estive especialmente atento aos reforços do Braga, Zé Luis está verdinho (20 anos) mas tem ali muito potencial, por mim emprestava-o. O Galo parece-me um bom concorrente para o Miguel Garcia (se ficar), vamos ter ali um luta interessante.

Parabéns Gil!!! Viva o Minho Carago! :D
|Days of War|
Avatar do Utilizador
Duarte
Administrador
 
Mensagens: 5087
Registado: quinta mai 21, 2009 9:51 pm
Localização: Braga

Re: II Liga Portuguesa

Mensagempor Duarte » segunda mai 30, 2011 2:00 pm

Adoro o título :D

Galos sobem ao 'poleiro' principal

Imagem Imagem Imagem

O Gil Vicente está de regresso ao escalão principal do futebol português. Cinco anos depois de ter sido despromovido na secretaria, devido ao Caso Mateus, o galo voltou ao seu lugar, à sua casa, alcançando dentro de campo aquilo que lhe foi retirado. Foram cinco anos de sangue, suor e lágrimas, à custa do milagre do trabalho, que culminou com uma festa imensa...e diga-se amplamente merecida.

A depender apenas de si próprio, o conjunto orientado por Paulo Alves entrou determinado em resolver cedo e afastar do Estádio Cidade de Barcelos fantasmas, pesadelos e bruxarias. Com uma crença e uma vontade enormes, diante o tranquilo e já despromovido Fátima, o galo cantou logo aos dois minutos, com o tento inaugural de Luís Carlos. Um golpe de cabeça ao segundo poste, após um trabalho na direita de Rodrigo Galo era o tónico ideal para construir a subida de divisão.

Em vantagem e de peito feito, a formação minhota manteve a pressão e não descansou enquanto não chegou ao segundo tento. Era um galo determinado, disposto a dar a estocada e foi do pé direito de João Vilela saiu nova explosão de alegria. Um remate indefensável, o toque do couro nas redes, e a liga principal ali tão perto.

A segunda etapa trouxe um galo mais cerebral, com menos ímpeto e velocidade. Foi uma formação a gerir o tempo e o resultado, mas por vezes a gestão transforma-se em adormecimento e até em toques aburguesados e, nesse prisma, o golo do Fátima acabou por nem surpreender. Muita cerimónia na defensiva gilista em afastar o esférico na zona de perigo e, nas sobras, Moreira desferiu um remate letal, indefensável para o guardião minhoto.

Viu-se de imediato um Gil Vicente com mais nervo, energia, novamente a pressionar e a chegar com perigo às redes de Ricardo. Hugo Vieira trouxe sangue novo à faixa direita, após ter rendido Carlitos - mas que ovação memorável, arrepiante mesmo, capaz de mexer o betão do estádio -, perdeu-se na primeira ocasião, obrigou o guarda-redes a excelente intervenção à segunda, falhou a terceira, mas há quarta tentativa, já em pleno período de descontos, depois de um livre a favor do Fátima, que levou inclusivamente o guarda-redes Ricardo à área barcelense, eis que o jovem prodígio fez o golo que selou a subida. Uma arrancada monumental, verdadeira cavalgada e o toque para a baliza deserta. Estava selado a subida, o regresso à liga principal e o título de campeão.

António Fiúza: “Ainda só fizemos meia justiça”

Se existe alguém que mereceu viver este dia foi António Fiúza, presidente dos barcelenses. Enorme emoção no final do encontro, o líder recordou o ‘Caso Mateus’, defendendo que a equipa “fez meia justiça”. “O resto vai ser pelo pelos tribunais. Deram-nos razão na Taça de Portugal, deram-nos razão nas camadas jovens e só falta dar razão naquela descida. Disseram na altura que foi uma descida estritamente desportiva e agora esta aí a subida estritamente desportiva”, definiu o presidente.

“Este foi um prémio amplamente merecido e o título de campeão foi a cereja no topo do bolo. Fizemos muitas engenharias financeiras, foi um sofrimento imenso durante estes anos, mas estamos de regresso à liga principal. Esta massa humana merecia isto. Se tivéssemos um estádio com capacidade para 30 mil pessoas, voltaria a estar cheio. Muitos sócios deixaram de aparecer no estádio depois da descida de divisão. Mantiveram a sua cadeira anual, mas não vinham aos jogos. Esta é uma prenda para a cidade, para os adeptos”, definiu ainda António Fiúza. “Na próxima época vamos voltar a ter o Estádio Cidade de Barcelos cheio e a cidade vai estar novamente de braços dados com o clube, tal como ficou aqui demonstrado”.

Acerca da próxima temporada destacou que Paulo Alves vai continuar no comando técnico. “É um homem da casa, é gilista e vai ser o treinador do clube na próxima temporada. Creio que não vamos perder muitos jogadores e vai ser possível construir uma equipa competitiva, capaz de ficar nos lugares tranquilos da tabela classificativa”, defendeu ainda António Fiúza.

Paulo Alves: “Estes adeptos passaram por momentos muito difíceis”

Paulo Alves dedicou a vitória, o título e a subida de divisão a à massa associativa. “Estes adeptos passaram por muito sofrimento, por momentos muito difíceis ao longo destes cinco anos e mereceram amplamente este prémio, esta festa, até porque as descidas administrativas nunca são justas”.
“Os jogadores estão de parabéns por tudo o que fizeram ao longo da época. Não foi um ano fácil, tivemos alguns problemas, mas conseguimos cumprir o nosso objectivo. Obrigado a esta gente por todo o apoio prestado ao longo da época, foi uma subida merecia, justa”.

@CM

----------------------------------------------------------------------------------

Mas ha duas notícias tristes no meio disto tudo, uma equipa histórica, daqui de perto, que já andou muitos anos na 1ª liga e que até tinha uma boa base de adeptos e tem uma boa escola de formação, estou a falar do Varzim, desceu :(

A outra notícia má, é que para o ano não vamos ter que falar neste tópico :D
|Days of War|
Avatar do Utilizador
Duarte
Administrador
 
Mensagens: 5087
Registado: quinta mai 21, 2009 9:51 pm
Localização: Braga

Re: II Liga Portuguesa

Mensagempor Meireles88 » sexta jan 25, 2013 1:54 am

http://www.mariomeireles.net

www.aasdsv.com -> Associação dos Amigos de São Domingos/São Vítor
Avatar do Utilizador
Meireles88
Administrador
 
Mensagens: 3099
Registado: quarta set 10, 2008 12:10 am

Re: II Liga Portuguesa

Mensagempor Meireles88 » domingo fev 24, 2013 11:38 pm

Vitória B - SC Braga B sem policiamento == 8 min.



Santa estupidez :facepalm:
http://www.mariomeireles.net

www.aasdsv.com -> Associação dos Amigos de São Domingos/São Vítor
Avatar do Utilizador
Meireles88
Administrador
 
Mensagens: 3099
Registado: quarta set 10, 2008 12:10 am

Anterior

Voltar para Desporto

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes