Bracarae - O fórum de Braga! • Ver Tópico - Perguntas a... Ricardo Rio!

Perguntas a... Ricardo Rio!  

Entrevistas dos utilizadores do fórum a personalidades bracarenses.

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor karlussantus » segunda dez 06, 2010 3:25 pm

16. Numa eventual constituição de uma região norte qual deveria ser o papel de Braga nesta região? (CesarGomes)


Num cenário de Regionalização, defende a constituição da Região Minho?

Caso não defenda a Região Minho, não teme que a falta de voz política dos municípios do Minho, leve a que estes se tornem num mero arredor afastado da AMP, face à centralização dos fundos comunitários que já se verifica, nos relatórios de execução 2000-2007?

Observando os relatórios de execução dos fundos comunitários entre 2000-2007, verificamos que a NUTS III Grande Porto que em 2001 estava com um poder de compra de 130,9% em relação ao Norte (100%), que possuía ~3,8% do território, ~34,2% da população, concentrou em média ~45,5% dos fundos regionalizáveis. Qual a sua opinião face a esta centralização na região mais rica, quando a UE pretende promover com estes fundos a convergência territorial? Como se explica a ausência total da denuncia deste factos por parte de todas as forças políticas da região?

A Junta de Freguesia de Joane manifestou a necessidade de ligação da VIM (Joane-Vizela) à Circular de Braga, sendo que habitam cerca de 100.000 pessoas nesta zona de denso urbanismo dispersivo, entende que esta ligação seria fundamental para a abertura/expansão de Braga e do seu sector terciário? Se sim, acha que a reserva dum canal o mais favorável possível desde a zona da "grundig", até à fronteira com VN Famalicão devia ser desde já contemplado no novo PDM?

Actualmente não existe ligação ferroviária directa de Braga a Barcelos, Guimarães e Viana do Castelo. No âmbito da futura estação do TGV está contemplado o fecho do Anel Ferroviário, com a ligação a Guimarães. Entende como útil além deste fecho, o prolongamento desta linha a noroeste da cidade de Braga até à cidade de Barcelos, ligando assim o Ramal de Braga (e as cidades de Braga e Guimarães) directamente à cidade de Barcelos e de Viana (através da Linha do Minho)?



A musealização da Ínsula das Carvalheiras foi novamente adiada, que comentários merece este desinteresse pelo património?

O Parque Arqueológico de Santa Marta das Cortiças, proposto pela UAUM, seria contemplado caso fosse presidente da CMB, enquanto oposição que acções terá no sentido da realização do mesmo?

Caso fosse presidente da CMB, O Teatro Romano seria recuperado e reconstruído para albergar espectáculos, como chegou a ser proposto aquando da sua descoberta? Estando actualmente na oposição, que acções terá no sentido do estudo e recuperação deste importante edifício?

O Anfiteatro Romano, o Fórum Romano e o Templo Romano estão enterrados por debaixo de edifícios, e estruturas viárias, teria alguma intervenção caso fosse presidente da CMB, no sentido de tornar estes locais visitáveis? Estando actualmente na oposição, que acções terá no sentido do estudo e recuperação destes edifícios?

Mais de 70% da área da antiga cidade Romana permanece por estudar, entende que devia ser constituído algum projecto de "estudo activo" destes terrenos, ao invés do que actualmente é feito, apenas o acompanhamento e estudo prévio face a obras privadas e públicas?



Sabe quando foi alterado o PDM da zona das Sete Fontes (em classificação desde 1999), que passou a dar toda a área como urbanizável, grande parte da mesma de nível máximo? Essa alteração foi simultânea com a reserva dos terrenos para o Novo Hospital e a não contemplação do Espaço Canal? Caso tenha sido simultânea, poderemos estar perante um caso de favorecimento indirecto de privados com a valorização dos terrenos em causa, quando deviam estar reservados para a construção de uma nova Variante?

Não tendo a EP desviado o traçado da Variante à EN e de ligação ao Hospital, pretendendo a CMB avançar com a mesma até à ligação com a EN e Variante do Fojo, entende que existe alguma possibilidade desse traçado não invadir a zona de protecção das Sete Fontes?

Não estando feito o estudo arqueológico do Vale das Sete Fontes, que acções terá no sentido da realização dos mesmos?

Caso o Plano de Pormenor das Sete Fontes, seja idêntico ao Projecto do Parque Urbano das Sete Fontes apresentado em 2009, contemplando várias áreas urbanizáveis dentro da zona de protecção do monumento (50 metros), que comentários merece tal situação, e que acções terá no sentido de obstar tal plano de pormenor?

P.S. Depois continuo.
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor karlussantus » segunda dez 06, 2010 8:29 pm

O Parque Cultural Europeu para Braga proposto na publicação da revista Forum nº42-43, recebeu em 2008 o acordo da CMB, no entanto volvidos 2 anos, nada foi feito nesse sentido e não consta do plano para 2011, seria contemplado caso fosse presidente da CMB, enquanto oposição que acções terá no sentido da realização do mesmo?


Braga tem perdido a sua centralidade na infraestrutura rodoviária regional, sendo uma cidade "terciária" Braga teria tudo a ganhar ao juntar-se às reivindicações de municípios como Vila Verde, Montalegre, para a criação de Variantes às EN 101 e EN103, além da classificação destes como ICs. Que comentários merecem esta falta de voz política de Braga na região, que a tem feito perder o seu estatuto de Capital do Minho?

Caso fosse presidente da CMB, procuraria o enquadramento legal para a constituição de uma entidade que representasse a Área Metropolitana de Braga (Polarizada em Braga), que estende a municípios como Vila Verde, Amares, e a várias freguesias de Barcelos, Povoa de Lanhoso, ...

No plano político é evidente a falta de voz política do Minho face à AMP, o que estaria disposto a fazer para voltar a dar voz ao Minho, o desenvolvimento do Quadrilátero para uma AM Minho, seria uma hipótese?

Consta do PROT-N o estudo para os Eléctricos Urbanos de Braga, qual seria o apoio a este estudo caso fosse Presidente, e enquanto oposição acções terá no sentido da realização do mesmo?
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor karlussantus » segunda dez 06, 2010 8:34 pm

O Estádio Municipal de Braga, teve derrapagens astronómicas ao contrário do que a CMB sempre afirmou, actualmente o custo total já ultrapassa os 160M€. Tem noção do valor anual pago pela CMB pelos empréstimos em debito? Que comentários merecem o Estádio e os seus custos finais, assim como qual o real impacto deste nas finanças da CMB? Estarão muito dos projectos de recuperação patrimonial a ser adiados por causa do impacto financeiro do Estádio?
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor karlussantus » segunda dez 06, 2010 8:42 pm

Na base do Picoto, está prevista a construção de um Hotel 4/5 estrelas com 250 quartos, juntamente com um Centro de Congressos. Existe alguma informação em que consiste o Centro de Congressos?

Que investimentos defenderia com vista a melhoria/revitalização do Parque de Exposições de Braga?

O PDM está em revisão, no plano rodoviário quais as novas vias estruturantes que defende para a cidade de Braga?

A política da CMB tem sido a expansão da cidade para Norte, contudo não têm sido feitas novas vias rodoviárias de cariz citadino, tendo o urbanismo desenvolvido apenas por nódulos descontínuos fruto da pressão imobiliária. Acha possível a criação de uma rede rodoviária de cariz citadino, que integrem toda esta área na malha urbana, em vez de se tornar numa zona de cariz peri-urbano servida apenas pelas Variantes do Cávado e Variante às EN-101/201? Face à revisão do PDM que alterações sugeria para esta zona da cidade?
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor karlussantus » segunda dez 06, 2010 8:57 pm

O Centro Comercial Dolce Vita, tinha no projecto inicial um jardim no topo do edifício onde estava prevista introdução de 85 novas espécies, fazendo face à perda das 48 espécies detectadas no local pela Quercus. Com o corte orçamental do projecto, um dos pisos não será feito inicialmente, o que implica a não realização deste jardim no topo. Que medidas pretende tomar, face à disparidade principalmente a nível ambiental, entre o projecto inicial e o projecto final?
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor pnfernandes » segunda dez 06, 2010 11:53 pm

Há um erro na mensagem inicial do tópico, onde estão a ser concentradas as perguntas a fazer. O número 17 não é uma pergunta, é apenas a "introdução" para a pergunta, que está com o número 18. Devem juntar esses dois pontos, numa só pergunta.
pnfernandes
Arcebispo
 
Mensagens: 364
Registado: segunda abr 13, 2009 3:20 pm

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor Duarte » terça dez 07, 2010 12:00 am

pnfernandes Escreveu:Há um erro na mensagem inicial do tópico, onde estão a ser concentradas as perguntas a fazer. O número 17 não é uma pergunta, é apenas a "introdução" para a pergunta, que está com o número 18. Devem juntar esses dois pontos, numa só pergunta.

Desculpa pelo engano. Já está corrigido :good:
|Days of War|
Avatar do Utilizador
Duarte
Administrador
 
Mensagens: 5081
Registado: quinta mai 21, 2009 9:51 pm
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor DoctorDre » terça dez 07, 2010 8:01 pm

Na campanha para as últimas eleições municipais, foi sua promessa fazer de Braga a Capital Verde da Europa até 2013. Como esperava consegui-lo?
Imagem
Avatar do Utilizador
DoctorDre
Administrador
 
Mensagens: 4266
Registado: segunda fev 18, 2008 11:53 pm
Localização: AMB

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor karlussantus » terça dez 07, 2010 10:38 pm

O Distrito de Braga era nos censos de 2001 o 3º mais populoso, e um dos únicos três juntamente com Portalegre e Beja que não possuía uma delegação da RTP. Esta ausência dos meios de comunicação social nacionais, e dos meios de influencia do poder decisório português que comentários merece, e como acha que este panorama podia ser alterado?
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor karlussantus » terça dez 07, 2010 10:42 pm

Com a suspensão do TGV a Norte, a AMP prontamente veio defender o desvio dos fundos para projectos que tem em curso. No distrito de Braga não existiu qualquer reivindicação, quer contra a suspensão do TGV, quer para o apoio de outros projectos, quer contra as sucessivas suspeitas de desvios dos fundos para Lisboa. Entende que esta ausência de posição política por parte dos municípios minhotos tem influencia negativa no desenvolvimento da região, e como podia ser isto mudado?
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor DoctorDre » quarta dez 08, 2010 9:45 pm

Editado o 1º post e relembro que só têm 2 dias para fazer as perguntas!
Imagem
Avatar do Utilizador
DoctorDre
Administrador
 
Mensagens: 4266
Registado: segunda fev 18, 2008 11:53 pm
Localização: AMB

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor karlussantus » quinta dez 09, 2010 1:43 pm

De uma forma geral, caso ganhasse as eleições em 2013, quais seriam as linhas de acção, e quais seriam os principais projectos?
Imagem
karlussantus
Administrador
 
Mensagens: 3614
Registado: quarta fev 20, 2008 6:41 am
Localização: Braga

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor DoctorDre » quinta dez 09, 2010 3:20 pm

Mais um dia pessoal!
Imagem
Avatar do Utilizador
DoctorDre
Administrador
 
Mensagens: 4266
Registado: segunda fev 18, 2008 11:53 pm
Localização: AMB

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor Absynthus » sexta dez 10, 2010 2:34 am

Bem, eu acho que ainda ninguém aqui tocou neste assunto, por isso cá vai... estou com um bocado de sono por isso se quiserem reformular a pergunta num português mais correcto estejam à vontade:

Caro Dr. Ricardo Rio,

Como é sabido, o pólo de Gualtar da Universidade do Minho é uma zona bastante movimentada e frequentada por muitos estudantes. No entanto, são recorrentes as notícias de assaltos e agressões a estudantes na zona vizinha à universidade, inclusive a poucos metros da mesma e à luz do dia. Assim sendo, pergunto-lhe que medidas tenciona tomar, caso seja eleito, para proporcionar uma maior segurança aos estudantes da Universidade e a todas as pessoas que frequentam essa zona.
Editado pela última vez por Absynthus em sexta dez 10, 2010 8:03 pm, num total de 1 vez.
Absynthus
Presbitero
 
Mensagens: 17
Registado: quarta Oct 27, 2010 11:38 pm

Re: Perguntas a... Ricardo Rio!

Mensagempor Duarte » sexta dez 10, 2010 3:43 pm

Como vê a actual situação da Centra de Camionagem? Degradação, feira, pedintes, falta de segurança... Não é um mau cartão de visita para quem chega à cidade de autocarro?
|Days of War|
Avatar do Utilizador
Duarte
Administrador
 
Mensagens: 5081
Registado: quinta mai 21, 2009 9:51 pm
Localização: Braga

AnteriorPróximo

Voltar para Entrevistas

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron